Publicado por: Marta Vuelma | 02/12/2013

“Devemos ser a mudança que desejamos ver no mundo”


A frase que dá título à este post é atribuída a Mahatma Ghandi. E eu a escolhi porque acredito muito no seu significado. Acredito que desejamos realmente viver em um estado de felicidade neste planeta que é nossa morada. E, para isso, precisamos cultivar nele aquilo que desejamos colher. Parece simples, mas não é. Principalmente porque muitas vezes, precisamos tomar decisões difíceis e abrir mão de coisas que (erroneamente) achamos que nos pertencem, ou das quais fazemos parte, ou que construímos. E não estamos preparados para abrir mão de nada.

Ao longo de minha vida e carreira eu descobri que sou apaixonada pelo que faço. Para cada projeto, cada tarefa, emprego tempo, atenção e dedicação. Aqueles que me conhecem ou com quem já trabalhei sabem que não sei me envolver “mais ou menos” com um projeto. E justamente por isso, as mudanças de rotina, objetivos, necessidades e aspirações me levaram a repensar algumas coisas. Tenho trabalhado com software livre desde 2001, primeiro como usuária, depois como implementadora de soluções e nos últimos 4 anos, além de todos estes, como evangelizadora. Ingressei na comunidade de usuários do Ubuntu e pude presenciar os avanços incríveis que uma comunidade tão dispersa pelo mundo pode fazer tendo uma causa em comum. Presenciei e participei de projetos fantásticos, conheci pessoas maravilhosas e muito competentes. Realmente entendi o que o software livre pode fazer pela sociedade. E o Ubuntu me proporcionou tantas experiências que tive o prazer de me tornar líder do grupo de usuários do RS e membro do Conselho da Comunidade Ubuntu-BR. Mais uma vez, foram experiências sem precedentes. Porém, apesar de nem todos saberem, estas funções exigem dedicação diária e um envolvimento que hoje, tem requerido de mim mais do que eu posso dar. E é por isso que escrevo este post. Pois preciso ser o que desejo ver neste mundo. E isto inclui abrir mão daquilo que não posso mais fazer como acho que tem que ser feito. Levei um certo tempo para admitir isso para mim mesma. Foi uma decisão muito difícil, acreditem. Principalmente porque não quero que ninguém pense que estou abandonando o software livre ou que algo está acontecendo com a comunidade Ubuntu-BR. Quero deixar bem claro que não existe nenhum motivo oculto ou misterioso, nada está acontecendo de errado com o Ubuntu, nem a Canonical revelou nenhum notícia bombástica, nem o governo está envolvido em alguma experiência secreta com software livre. Minha decisão é fruto apenas de minha nova realidade. E achei por bem que devia explicá-la à comunidade. Peço, por favor, que não se divulguem ideias mirabolantes a respeito disso.

Desta forma, comunico à todos que estou em processo de desligamento de minhas funções na Comunidade Ubuntu-BR.  À todos os que conviveram comigo neste ambiente das comunidades de SL dedico meu profundo respeito e admiração. Gostaria de falar com cada um pessoalmente. Mas infelizmente, isso não é possível. Tenho um profundo respeito por todos que movimentam este universo e fazem diariamente as mudanças acontecerem. Vou continuar sendo usuária de Linux e divulgando a sua filosofia. Desejo de coração, que aquelas pessoas que se sentem estimuladas por estas ideias ou que já se beneficiaram pelo software livre, sintam-se encorajadas a arregaçar as mangas para colaborar de alguma forma e fazer a sua parte. Eu considero que já fiz a minha e posso garantir que é uma experiência muito recompensadora.

Deixo um grande abraço à todos. Continuo disponível em meus contatos via e-mail e redes sociais (mesmo que ainda me sinta pouco confortável nestas últimas).

“O universo é mudança; nossa vida é o que dela fazem nossos pensamentos.” Marco Aurélio


Responses

  1. Marta, boa sorte nessa nova etapa. Certamente, você foi muito importante para a comunidade durante esse tempo. Sei bem como é difícil deixar a liderança de um grupo, mas creio que tenha conseguido continuar minha militância e contribuições de outro jeito. Vc tb vai encontrar uma outra forma. Bjs

    • Obrigada Kemel. Agradeço principalmente por ter ajudado com o pontapé inicial para este caminho que trilhei e que me proporcionou tantas coisas boas. Um grande abraço e muito sucesso.

  2. Bem, marta, disse o que tinha que lhe dizer pessoalmente, assim como recebi a notícia pessoal mente de vc. Volto a dizer que haverá tempo para a transição e para termos esta “nova” referência na comunidade UBUNTU, mas, se é para teu bem e para um bem maior, e, eu sei que é. Te desejo muito sucesso e uma grande e promissora nova vida, afastada, mas sempre perto de nós que te amamos tanto.
    Bjs

    • Marcos
      Obrigada pelas palavras amigas. Conversar com todos vocês no TcheLinux sábado passado foi ótimo. Todos os grandes amigos que conheci durante este tempo tiveram participação especial na minha história.
      Um grande abraço.

  3. fim de um ciclo, início de outro. sucesso marta e conte sempre conosco, pq tu ñ fez parcerias à eventos de software livre, tu fez amigos ;)

    • Obrigada Luiz. As amizades que ficam são a melhor parte da jornada.
      Um grande abraço.

  4. Marta, parabéns, não vou perguntar os motivos que te levaram a tomar essa decisão, eu sei muito bem o que é isso, trabalho com tecnologia, desde 1963, e sou usuário de linux desde, 1996, meu filho daniel ruoso é debiam developer, e meus outros filhos também lidam com linux, realmente, ser do SL é quase uma religião, parabéns mais uma vez
    Sergio Ruoso.

    • Sergio, quando tomamos decisões difíceis é sempre bom ouvir palavras de compreensão. Obrigada e muito sucesso à você e sua família.
      Um grande abraço.

  5. Marta, não te conheço mas acompanhei seu trabalho nos últimos dois anos via Web. Parabéns pelo trabalho feito e sucesso nos novos empreendimentos.
    Abraço.

    • Obrigada, Fábio! Que 2014 nos traga muito trabalho e grandes realizações. Um abraço.

  6. […] https://martavuelma.wordpress.com/2013/12/02/devemos-ser-a-mudanca-que-desejamos-ver-no-mundo/ […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: