Publicado por: Marta Vuelma | 10/02/2010

A tecnologia da informação e as exigências de infra-estrutura


A tecnologia da informação e as exigências de infra-estrutura

Têm sido comuns em diversos tipos de mídia os artigos falando sobre o futuro da tecnologia da informação. Isso é natural pois poucas coisas nos interessam mais do que deliberar sobre previsões e possibilidades. E como a tecnologia possui uma capacidade singular de integração com a vida das pessoas, falar disso é falar do nosso futuro também. No entanto, existe algo que inquieta não só a mim como a vários profissionais da área que tenho conversado: a completa despreocupação com a infra-estrutura dos sistemas de TI. Que atire a primeira pedra quem nunca se deparou com a necessidades impossíveis de serem atendidas pela pura e simples falta de infra-estrutura ou o inexistente planejamento desta. Para especificar melhor, vamos enumerar alguns dos principais itens que compõem esta lista que tira o sono de administradores de rede, analistas de suporte e profissionais de tecnologia em geral:
– rede elétrica e alimentação (incluindo nobreaks, estabilizadores e geradores)
– links de comunicação
– armazenamento de dados e backup
– segurança
É constante e preocupante o número de falhas que poderiam ser evitadas apenas com o devido planejamento dos itens acima. Todos sabemos que aprender a tolerar erros e contorná-los é uma questão de sobrevivência para profissionais de TI. No entanto, existem limites para o que pode ser contornado sem prejudicar o futuro da solução e a satisfação de seus usuários. Cabe aos responsáveis pela implementação ou aprovação de projetos impor estes limites. Vemos inúmeros casos diariamente de aplicações que são criticadas ou condenadas, usuários insatisfeitos e investimentos perdidos pelo descaso nas fases iniciais de projetos. E, infelizmente, isso não é novidade no mundo Open Source também.
Ao mesmo tempo, sabemos que a complexidade da tecnologia impede que os administradores de empresas e gerentes financeiros tenham o conhecimento necessário para especificar esta estrutura. Então, de quem é essa responsabilidade? A resposta, apesar de simples, traz consigo inúmeras armadilhas. Em um mercado guiado pela necessidade de redução de custos é difícil absorver esta responsabilidade. É neste momento que precisamos aprimorar nossa capacidade de adaptação, advogando em favor dos investimentos a longo prazo e defendendo o sucesso da implementação. Uma boa argumentação e documentação das necessidades não pode ser ignorada pelos responśaveis pela implementação das soluções. A omissão destas informações pode fazer toda a diferença para a nossa reputação como profissional de TI.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: